quarta-feira, 1 de junho de 2011

blogito ergo sum



penso, logo existo
será que cristo
concordou com isto
ao ver o gameta haplóide
o gavião, o asteróide?

não pense nisto, esqueça
existo onde não penso
diria o nerd cabeça
com a boca cheia de freud

só pensar não leva a consenso
logo existir é pre_tenso
a ameba, por exemplo
você pensa que ela existe
ou ela existe, logo pensa?

tal qual o lula de pileque
penso posto que inexisto
ou existo já que dispenso?
sei não, descartes
como o estripador jack,
melhor é ir por partes

ora existo, ora penso
sempre jogo
ora perco, ora venço
a deus rogo
e caminho por aí
sem documento nem lenço

até que um dia
no existir me afogo
- amar é fogo, maria -
resisto, hesito
aí desisto

penso, this is it:
epi_logo


.


8 comentários:

Lara Amaral disse...

Ah, vc é boa demais, moça!

Excelente!

Ana Tapadas disse...

Obrigada pela visita.
Volta sempre.
Que poema e blogue tão interessantes e criativos!
Gostei muito.
Beijo

Zélia Guardiano disse...

Adorei!
Já, eu, sou uma dessas cabeças que pensam que pensam...
abraço, querida.

Ana F. disse...

quanto mais leio seus textos, mais admiro você!
Beijo

Fernando Antonio Pereira disse...

Olá! Saudações Literárias...
Passei por aqui e achei muito bem cuidado seu espaço. Parabéns!
Sempre que eu puder voltarei.
Abraços de Luz.
Visite o ILUMINANDO A VIDA.

Mirze Souza disse...

Que coisa fascinante Maria Paula!

É preciso muita originalidade e percepção da poesia para uma criação assim!

Sempre que venho aqui, saio mais leve.

Beijos

Mirze

Beto Guimarães disse...

Genial. A ilustração com o cão ficou muito boa. Porém eu imagino que: "barking dogs don't bite".

Flamarion Silva disse...

Que maravilha!
Sua capacidade criativa é demais.
Muito bom.
Abraço.