terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Curta e grossa


I - Obsessão

Amor de mentira:
põe uma idéia na cabeça
depois, ninguém tira



II - Escrito nas estrelas

Procuro no zodíaco uma pista:
sol em Virgem é problema
a prazo ou a vista?



III - Disfarce

No seu manso abraço
desfaço-me
nada como um bom amasso



IV - Lance de dados

Azar no amor
muitas vezes é sorte
amor de favor
é que é de morte



V - E o vento levou

O amor que invento
desvenda-me
ao sabor do vento



VI - Tudo acabado entre nós 

Quando você me deixar
por favor não se queixe,
não me deixe,
só se f(l)or.


.

7 comentários:

Pablo Rocha disse...

Sensacional! rss
Puro talento!

Beijos!

André HP disse...

Belas composições, apreciei em especial a última.

abraço.

Cynthia Osório disse...

gosto muito de tudo

Adriana Karnal disse...

Maria Paula,
vc é ótima, adorei os "pensamentos".

Adriana Godoy disse...

Beleza, Maria Paula. Gostei de tudus(como diz a Nina). Bj

Clara disse...

Meu! muito bom seus poemas. Você já mandou algum pro Livro da Tribo? É super o estilo deles.

beijo

Assis Freitas disse...

curtos e afiados versos,


beijo