segunda-feira, 24 de outubro de 2011

(p)ele




quando ele fica comigo
vou e volto ao infinito
viro e desviro do avesso
no meio do joio, meu trigo
sua boca, oásis bendito
seu corpo, meu endereço

.

Um comentário:

Verso Aberto disse...

licor de benquerer

abs Maria Paula