quarta-feira, 26 de outubro de 2011

rondel da divina loucura



Há quem pense ser loucura
Refletir sobre o destino
Há quem olhe com censura
Ou ria do desatino

Pra mim, a mente madura
Se faz eterna, menino
Há quem pense ser loucura
Refletir sobre o destino

Cada qual faz sua leitura:
Pra uns, a vida é cassino
Pra outros, grande aventura
Eu creio ser dom divino
Há quem pense ser loucura...

Nenhum comentário: