sexta-feira, 2 de março de 2012

pega leve


já que pensa em ir embora,
homem amado, me leve
no coração, mas não chora
deixe a lembrança ir-se, leve
.
sabe que tem que ir embora
meu doce amigo, se entregue
leva tempo, é boa a hora
corra, que a vida é bem breve
.
se não for, vou eu embora
moço querido, releve
leve em conta nossa aurora
magoei você de leve
.
vamos nós dois, mundo afora
não leve culpa ou subleve
nem me leve a mal, embora
levei eu o fora, de leve

Um comentário:

Robert Garcia Toledo disse...

Gostei do diálogo com Gullar.

Cantiga para não morrer

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.