quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Coisas da vida



Reação espontânea

Conheceram-se no laboratório. Ela, base forte; ele, ácido fraco.
Aplicaram entropia, ebulição, fusão.
Quando a re(l)ação saturou, separaram.
Faltou química.

* - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - *

Pré-datado

Em prestações: o financiamento do carro, a escola do filho, a mensalidade da academia, a roupa nova.
Só o amor ali, a lhe exigir pagamento à vista.
E em espécie.

* - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - *

Franco atirador

Era exímio no seu mister. Com tiros em salvas, mirava várias a um só tempo.
Certeiro, atingia o coração das vítimas.
Um dia, errou o alvo.
Ninguém foi ao enterro.
Isso é que dá abater quem choraria a nossa morte.

* - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - *

14 comentários:

nina rizzi disse...

muitoooooooo bom, e eu, redundante como praxe.

beijinté.

Mara faturi disse...

Ai, tb vou ser como a Nina totalmente redundante, pq vc faz isso com a gente hein??!!rsrs
ADOREIIII ( só pra variar)...

bjo grande

Adriana disse...

o amor cobra à vista...é verdade.adorei tudo aqui.

Blog do Óbvio disse...

Maria Paula, querida amiga. Adorei o reação espontânea. Beijos. Manoel

Solange Maia disse...

Nossa....

Como é que você consegue ???

Bela capacidade de síntese... fantástica dança com as palavras...


Beijo na alma,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Mai disse...

E o resumo da ópera é uma bomba!
E o Ministério da Saúde adverte - previna-secontra a influenzA...
agiotagem do amor.
Isto é pênalti.
E o jogo acaba 0 x 0.

bj

Renata de Aragão Lopes disse...

Gostei de todos,
mas amei o primeiro!!!

Beijo.

Adriana Godoy disse...

Genial...poxa! viajei nesses textículos. amei. Bj

meus instantes e momentos disse...

gostei daqui.
Foi bom conhecer teu blog, tenha um ótimo final de semana.
Maurizio

pituleira disse...

Legal mesmo.

Lou Vilela disse...

Gosto muito de minicontos e os seus são ótimos! Deu até saudades da época que eram mais frequentes. Depois vou ver se ressuscito algum. rsrs

Bjão

Lou Vilela disse...

ops, da época na qual "os meus" eram mais frequentes. rsrs

sidnei olívio disse...

Mini-contos com sabor de poesia: prosa-poética perfeitamente talhada. Maravilha. Bj.

Aroeira disse...

muiiiito bom!