terça-feira, 11 de agosto de 2009

curtos circuitos

.


I - CHISTE


chispaste

dedo em riste

à procura de um horizonte

vago triste

a ver navios

.


II - ECONOMIA


pra repor as energias

mais vale um vate de verve

que mil mega watts de Três Marias

.

III - HELPLESS

vez por outra te enxoto

depois arrependo,

imploro, choro


fazer o quê

se quando te miro

me (m)olho?


13 comentários:

sidnei olívio disse...

Puxa, Maria Paula, que fantástico! Que veia poética! Concisa, cheia de aliterações, persigo versos assim. Já te linkei. Beijos.

Mai disse...

Eu pesco palavras assim como tu. E com ou sem anzol, em tres marias e turbinada depois eu olho e faço o molho e como o peixe e fico com o gosto de um e outro na ponta da língua...
.
Mas agora tem peixe graúdo no lago paranoá esse só com um xô assim com um X que também é o signo do que é proibido, nocivo, impróprio.
.
Eu realmente gosto do teu gosto pela palavra.
Muito, muito bom.

Abraços
Já estamos conectadas.
Antão, Inté!

Lou Vilela disse...

Como de praxe, pena afiada e encantadora! ;)

Bjs

Nydia Bonetti disse...

fantásticos teus versos, maria paula. sempre na medida exata: na forma, no recado, na emoção. tô boba... :)) beijooo.

nina rizzi disse...

rsrsrs.. gostei principalmente do último :)

beijo.

Adriana disse...

Maria Paula,
Sabe que tua poesia me surpreende?
Gosto demais dessa lírica despojada

Hercília Fernandes disse...

"vez por outra te enxoto depois arrependo, imploro, choro
fazer o quê se quando te miro me (m)olho?".

Adorei todos os três atos, mas o último poeminho é a minha cara: amei!

Beijos, Maria Paula.

H.F.

Chá das Cinco disse...

Obrigada pelo apoio Maria Paula!
Eu tenho cereza que ele vai ler os nossos comentários,a minha intenção era não deixar cair no esquecimento.
Mais uma vez obrigada minha linda,estamos juntas.
Creia numa coisa,não ficarei num vale de lágrimas,entreguei Marcos nas mão de Deus.
A minha gratidão para com o meu marido será cobrar da justiça uma punição para este desiquilibrado.

Um beijo minha linda.

Denise disse...

Escorrendo poesia e sensualidade

aqui é tudo tão...
I N T E N S O

betina moraes disse...

maria,

curtos com circuitos!

um beijo!

Cris de Souza disse...

Salve, salve !
Que descoberta, adorei o seu espaço.

(Obrigada pela visita, não se demore a voltar)

Mara faturi disse...

vez por outra te enxoto

depois arrependo,

imploro, choro



fazer o quê

se quando te miro

me (m)olho?


Ai que coisaaaaa!!! dá este poema pra mim?? Adorei!
bjo

Guerreiro da Luz disse...

Sou como um cometa de energia impura e escandalosa. lindo texto parabéns, existe uma diferença entre gostar e se encontrar num texto.