quinta-feira, 10 de março de 2011

Dito e feito


Perdoe-me pelo mau jeito
de gabar-me não sou afeito
nem sou mulher de trejeito
mas já tirando proveito
dos meus dotes por direito
afirmo: eu tenho peito

 falo de peito aberto, contrafeito:
a cabeça é de ferro, não tem jeito 
 a perna é de pau, eu aceito
mas meu peito é de aço, sujeito
desaforos, mato no peito
amigo do peito eu respeito

sou muito fêmea no leito
não futrico em parapeito
já sofri de amores, dor no peito
mas se de injustiça eu suspeito
abro o peito liquefeito
e faço do feito um desfeito

( se tenho dois peitos - perfeito
não ter culhões é meu defeito)


2 comentários:

Mirze Souza disse...

Maria Paula,

Apesar de ter o mesmo defeito, prefiro.

AMEI!

Beijos

Mirze

sidnei olivio disse...

Gostei. bj.