quarta-feira, 29 de junho de 2011

bandeira à mineira



vou-me lá pra Babilônia
ao sul da Mesopotâmia
planto jardins de begônia
suspensos em mar de infâmia

vou-me embora pra Polônia
ou quem sabe pra Tanzânia
driblo de vez minha insônia
torno Tirana em Albânia

vou partir pra Amazônia
adeus, linha litorânea
crio lá uma cerimônia
na floresta subterrânea

se nada disso der certo
transponho vales e montes
'inda que tarde liberto
esse meu belorizonte
.


Um comentário:

Fouad Talal disse...

"bandeira a vida inteira"

muito legal mp!
abraços!